Critérios de medição – Regras gerais

28/09/2016 | Biblioteca - Critérios de medição

2 – Regras gerais

As medições de um projecto ou de uma obra são a determinação analítica e ordenada das quantidades dos diferentes trabalhos que são a base da determinação dos encargos definidos no projecto ou que integram a obra.

  • A lista ou mapa de medições é a descrição resumida das quantidades dos trabalhos e dos encargos calculados nas medições.
  • O orçamento é o resultado da aplicação dos preços unitários às descrições das quantidades dos traba­lhos indicados na lista de medições.

2.1 – Condições gerais

  • As medições devem descrever, de forma completa e precisa os trabalhos previstos no projecto ou executados em obra.
  • Os trabalhos que impliquem diferentes condições ou dificuldades de execução serão sempre medidos separadamente em rubricas próprias.
  • As dimensões a adoptar serão em regra as de cada elemento de construção arredondadas ao centímetro. Esta regra não é aplicável às dimensões indicadas na descrição das medições. Sempre que possí­vel, nas medições de projecto, as dimensões serão as indicadas nas cotas dos desenhos ou calculadas a partir destas.
  • Salvo referência em contrário, o cálculo das quantidades dos trabalhos será efectuado com a indicação das dimensões segundo a ordem seguinte:
    – em planos horizontais, comprimento x largura x altura ou espessura
    – em planos verticais, comprimento x largura ou espessura x altura, considerando-se como comprimento e largura as dimensões em planta dos elementos a medir.
  • As dimensões que não puderem ser determinadas com rigor deverão ser indicadas com a designação de “quantidades aproximadas”.
  • As medições devem ser apresentadas com as indicações necessárias à sua perfeita compreensão, de modo a permitir uma fácil verificação ou rectificação, e a determinação correcta do custo. Em regra, as dimensões utilizadas na medição deverão ser sempre passíveis de verificação fácil e clara.
  • Recomenda-se que as medições sejam organizadas por forma a facilitar a determinação dos dados necessários à preparação da execução da obra e ao controle de produção, tendo em vista a repartição dos trabalhos por diferentes locais de construção e o cálculo das situações mensais de pagamento e controle de custos.
  • Os capítulos das medições e a lista de medições poderão ser organizados de acordo com a natureza dos trabalhos ou por elementos de construção. Quando o critério de organização for o da natureza dos trabalhos, estes deverão ser integrados nos capítulos indicados nestas regras e apresentados pela mesma ordem.
  • As medições dos trabalhos exteriores ao edifício (acessos, jardins, vedações, instalações exteriores ao perímetro do edifício, etc.) deverão ser, no seu conjunto, apresentadas separadamente dos trabalhos relativos ao edifício.
  • Deverá indicar-se sempre o nome do técnico ou dos técnicos responsáveis pela elaboração das medi­ções e lista de medições.
  • Sempre que as medições de certas partes do projecto, nomeadamente as relativas às instalações, forem elaboradas por outros técnicos, o nome destes técnicos deve vir referido no início dos respectivos capítu­los.

2.2 – Unidades de medida

As unidades base de medida são as seguintes:

Unidade
Designação
Símbolo
Genérica
unidade
un
Comprimento
metro
m
Superfície
metro quadrado
m2
Volume
metro cúbico
m3
Massa
quilograma
kg
Força
quilonewton
kN
Tempo
hora, dia
h, d

2.3 – Arredondamentos globais

As quantidades globais a incluir nas listas de medições obedecerão, em geral, aos arredondamentos seguintes:

Medida
Arredondamento
metro (m)
decímetro (dm)
metro quadrado (m2)
decímetro quadrado (dm2)
metro cúbico (m3)
decímetro cúbico (dm3)
quilograma (kg)
quilograma (kg)
quilonewton (kN)
quilonewton (kN)

Quando a aplicação destas regras tiver como resultado a eliminação da indicação da quantidade de qualquer rubrica, deverá ser indicada a quantidade exacta.

Quando o preço dos trabalhos o justifique, estes arredondamentos podem ser modificados para mais ou para menos. Neste caso, o documento relativo às medições deve mencionar o critério adoptado na defi­nição dos arredondamentos.

 2.4 – Arredondamentos parciais

Os resultados parciais dos cálculos das medições obedecerão, em regra, aos arredondamentos seguin­tes:

Medida
Arredondamento
metro (m)
centímetro (cm)
metro quadrado (m2)
decímetro quadrado (dm2)
metro cúbico (m3)
decímetro cúbico (dm3)
quilograma (kg)
hectograma (hg)
quilonewton (kN)
decanewton (dN)

Artigos relacionados